7 de jan de 2009

FOO FIGHTERS : ESPG (2007)

Para baixar o cd, clique na imagem

“Desde que o mundo é mundo,a única coisa que mudou foram os carros” essa é a maior verdade que existe,e com certeza pode se aplicar a varias bandas que repetem a mesma coisa. Mas felizmente esse não é o caso do último disco do Foo Fighters “Echoes,Silence,Patience and Grace”. O vocalista Dave Grohl disse que “esse é o álbum mais eclético da banda” e realmente concordo com isso. O disco começa com o bom e velho Foo Fighters com a faixa “The Pretender” com introdução que lembra “starway to heaven” do clássico Led Zeppelin,com bateria forte e guitarras nervosas, fazendo alusão a politica e corrupção em trechos como “Eu sou só apenas mais uma alma à venda..., E se eu disser que não sou como os outros?
E se eu disser que não sou apenas outros de seus brinquedos?”

Na verdade o disco todo traz uma mensagem anti-politica, “Erase/replace” traz toda a fúria da banda com 10 guitarras descontroladas e gritos por toda a parte. “A faixa “Long road to ruin” é o destaque do cd por ser um dos melhores refrões feitos na carreira de Grohl desde “ Times Like these” e “My hero” sendo a musica que fica na cabeça por dias a fio.

A musica “Statues” é a parte mais diferente do cd,lembrando com sua introdução o rock progressivo do Pink Floyd misturado com o Led Zeppelin, só que com a mesma competência das outras faixas.”Home” é a ultima faixa do disco,onde Grohl pegou o seu lado acústico de “In your honor” e misturou com o piano chato e doce,com um violino no final.”Summer’s End” tem solos de guitarra frenéticos e levemente acústicos,com um toque meio texano.

Mais uma vez o Foo Fighters fez um ótimo disco, e espero que não venha a parar por dez anos como eles vem dizendo.

Texto escrito pelo colaborador Ebúrneo.


0 comentários:

Related Posts with Thumbnails