24 de abr de 2010

Talking Heads: little creatures (1985)


Taí um disco que na época em que comprei o vinil, foi mais pela capa (pintura legal, apesar do cara de cueca lembrar o meu amigo Julião) e pelo peso do nome "Talking Heads". Na primeira audição que tive não me empolguei tanto (adolescente é foda!), mas a coisa foi mudando com o passar do tempo. O Talking Heads é meio assim, pode parecer indigesto no começo, por sorte não senti tal indigestão ao ouvir "77" e "more songs about building and food".

O disco abre com a açucarada e ideal para um café da manhã "And she was", animada na dose certa para alegrar a manhã de qualquer ser decente desse mundo. Se eu não estou enganado essa canção toca no começo do filme da feiticeira com a Nicole Kidman, talvez o wikipedia ajude nessa hora... ah! não vou olhar lá.

Esse disco tem uma das canções mais fodas que o Talking Heads já fez, uma levada bem relaxante, alegre e que entusiama que é "The Lady don't mind". Algo que chega a ser surpreendente, pois se vermos na discografia da banda, o disco anterior foi o albúm-filme "Stop making sense", como o próprio nome sugere era algo "cabeça" demais. Em face disso a própria banda resolveu usar algo mais leve e colorido no disco que veio a seguir (no caso o disco em questão). "Lady don't mind" fica na cabeça da gente, desde sua introdução e baixo poderosíssimo, gosto muito da forma como a canção vai crescendo ganhando sons de metais ao final dando mais força ao vocal de Byrne. "No no no no... the lady dont mind" Se algum dia eu for dono de uma festa, que se danem os incomodados, tocarei essa música 3 vezes (não é a toa que algumas edições do cd vem com uma versão estendida).

"Perfect world" é outra porrada pop belíssima, com uma batida comportada ideal para servir de fundo para Byrne que manda e desmanda com seu vocal "This is a perfect world/I'm riding on an incline/I'm staring in your face/You'll photograph mine...", caramba da vontade de ouvir esse refrão toda hora .... toda hora mesmo! Maldito seja David Byrne!!!

O disco fecha com "Road to nowhere" bela canção que foi hit e que conta com um clipe muito legal. Devo ressaltar que esse clipe é anterior ao revolucionário "Sledgehammer" de Peter Gabriel, não é a toa que esse clipe tá no museu de artes de NY.


NOTA: 9,5



6 comentários:

Alê disse...

O Talking Heads era uma banda bem legal e fez parte da minha vida com discos como os citados 77' e "More Songs About...".Os discos dos anos 80,esse "Little Criatures" e o "True Stories" são discos jóias,eles faziam um pop rock cabeça e sofisticado,ás vezes dificil ser assimilado á primeira vista."The Lady Don't Mind" é um hino oitentista.Boa lembrança!

Blimbou disse...

Esse disco é mesmo uma jóia!
Achei oportuno lembrar dele
valeu pela visita

Alex Sala. disse...

Cade a senha dessa merda?

Blimbou disse...

Nossa, quanta simpatia!
Cara, a merda da senha tá no bolso da minha calça, eu já to indo pegar.Enquanto isso, aguenta um palmo aí que eu já trago.

Anônimo disse...

Olá! Bacana! Qual a senha do arquivo compactado? Beijos! :)

Edson
elt.16d@gmail.com

Blimbou disse...

Olá edson, como você perguntou com educação (e até demais), vou respodender
Eu tive que usar um programa para quebrar a senha e desbloquear. Infelizmente foi assim.

E com relação ao "Beijos!:)" no final do seu comentário... tá me estranhando irmão?

falou

Related Posts with Thumbnails