16 de dez de 2011

Seja um verdadeiro Guitar Hero em ROCKSMITH




Não resisti a tentação e comprei o game Rocksmith para Xbox 360, de fato a minha empolgação era tamanha por conta do fato de o game fazer uso de guitarras reais e não aqueles brinquedinhos estúpidos com botões coloridos. A proposta da Ubisoft é muito mais ousada e arriscada que a da Harmonix com o seu Rockband. A grande diferença é que em Rocksmith você de fato toca guitarra e o seu som sai no jogo!!!

O jogo acompanha com um cabo especial "Real tune" que converte o som analógico para digital via USB. Graças a este bendito cabo, que podemos conectar guitarras e até mesmo violão (desde que tenha captação) e jogar o game. Infelizmente, não tem suporte para contra-baixos, inclusive eu vi muitos fãs pedirem esse tipo de opção para os desenvolvedores do game na página do facebook oficial.

O alto preço (pra não dizer "abusivo") praticado aqui no Brasil assusta mesmo (R$279,00)qualquer entusiasta por guitarras e games, quem vai ser louco o suficiente para dar mais da metade de um suado salário mínimo num game? Ok... tem uma meia dúzia por aí que foi capaz. É natal gente...

Vamos ao game:

O jogo logo de cara te pergunta se o padrão das tarraxas da guitarra são 3x3 (como nas Gibson Les Paul e Flying V) ou em linha de 6 (como nas Fenders modelo Strato), além disso, pergunta se o jogador é destro ou canhoto. Logo em seguida, o passo seguinte é ensinar a segurar a palheta e por último a afinação do instrumento.

A didática aplicada neste game é realmente algo excepcional, ou seja, aqueles indivíduos que NUNCA seguraram numa guitarra nesta vida, vão poder dar seus primeiros passos sem medo algum. Se você está nessa situação, não se preocupe, em Rocksmith você não irá se perder em momento algum. Entretanto, o game todo está em INGLÊS. Acredito que a barreira da linguagem será mais complicada do que dar os primeiros passos com o instrumento.

Quanto à opção "destro" e "canhoto", exclui algumas pessoas por conta da dificuldade que é em ter que inverter todas as cordas para que um canhoto possa tocar. Por conta disso, o meu primo não pode experimentar o game, a não ser que se tenha uma segunda guitarra. Pois eu não vou inverter as cordas da minha nem a pau.

Outra informação importante é que é possível se jogar com duas guitarras. Enquanto um jogador fica encarregado de fazer as bases o outro segue a linha um pouco mais complexa com solos. Além disso, é possível utilizar microfone para cantar no game, essas opções ainda não testei, pois não sei de ninguém que more por perto que também tenha um Rocksmith e uma guitarra.

O jogo conta com um playlist com mais de 50 músicas, que contam com gente da pesada como: The Cure, Queens of the Stone Age, Radiohead, David Bowie, The Animals, Franz Ferdinand, The Strokes, The Rolling Stones, Soundgarden, Nirvana, Lynnird Skynird, The white stripes, Interpol... por aí vai.

Quanto a dificuldade do jogo, varia de canção pra canção e pelo modo que você escolhe para "ensaiar". Você pode optar para tocar somente a base "Arrangements" ou ela com tudo "Combo". Se você já é experiente com guitarra ou se já tem uma pequena prática vai achar todas as músicas demasiadamente fáceis no início. Mas aí que está uma ótima sacada de Rocksmith, caso você comece a detonar, o jogo reconhece e vai atribuindo novas informações de comandos durante o gameplay em doses homeopáticas. Além disso, o fato de vir poucas notas, favorece a intuição de quem está tocando, ainda mais quando você conhece a música e sabe que tem um acorde faltando naquele trecho, nada impede de você arriscar...




A interface do gameplay consiste no braço inteiro da sua guitarra e cada cor dos quadrados (ou da linha) são referentes à uma determinada corda da guitarra. O formato dos quadrados também variam, indicando técnicas de guitarra como "bend", "hammer" e o slide. Calma! Não faz idéia de que pirocas são essas técnicas? O game ensina cada uma delas, com direito a vídeo em HD, um exercício prático pra ver se você aprendeu e um pequeno desafio pra checar se você de fato aprendeu.

Outra coisa legal do gameplay, é que no ponto onde você deve tocar, vem uma faixa em azul claro que indica a partir de qual traste você deve colocar o dedo indicador esquerdo.

Na minha opinião, o maior trunfo do game é o fato do som que você produz sair junto com a canção e com o EFEITO DO PEDAL ORIGINAL DA CANÇÃO!!! Enquanto que nos games da concorrência, os botões coloridos só servem para "travar" o som mecânico da gravação que está rolando. Em Rocksmith, você toca mesmo! E pode praticar depois sozinho.

Quanto à prática, tem o modo "Amp", no qual você pode praticar livremente sua guitarra, montar sua pedaleira (com direitos à pedais e seus referidos efeitos), combinar pedais e etc. Quando você "completa" uma canção, você ganha o referido pedal dela. Isso é realmente muito legal, o único inconveniente é ter que ficar fazendo isso na televisão.

Agora vamos ao único ponto NEGATIVO do game... o DELAY! "Delay" é um penqueno atraso (fração de segundo, eu disse "SEGUNDO") que rola entre o bater na corda e o som sair na tv. Pra mim incomodou um pouco no início, mas depois eu não senti tanto, acredito que seja por conta do próprio ritmo das canções ajudarem, mas quando se está praticando no modo "amp", não fica legal.Por causa disso, eu não explorei tanto o modo amp, pois o delay causa o descompasso. Pelo menos comigo isso aconteceu.

É lógico que essa sensação pode variar de jogador para jogador, mas que o delay existe, existe.

O jogo conta com "Guitarcade" que são pequenos games, muito divertidos a propósito, que são jogados com a guitarra. "Ducks" lembra games de nave para Atari, que consiste em você acertar patos vermelhos ao longo da escala de sexta corda. "Super Ducks" é o mesmo game, só que usado todas as 6 cordas. Tem também um de ataques de Zumbis que é baseado somente em acordes e não em solos, e o Baseball (nesse eu tive dificuldades por causa do delay).

O pacote do jogo original vem com adesivos numerados para que os jogadores inexperientes possam se "encontrar" no braço da guitarra. Rocksmith também vem com um bundle que tem uma guitarra de verdade, modelo Epiphone Junior muito bonita, alça, palheta, poster e etc. O preço também é outra problemática... em torno de 800 reais, mas se levarmos em consideração que vem com uma guitarra EPIPHONE, é um caso a se pensar.

Quanto ao cabo que acompanha o game, o mesmo pode ser utilizado em PC, Xbox360 e PS3, desde que você tenha o disco do jogo... Só não sei dizer, se os cabos comuns utilizados por guitarristas para converter analógico em digital para PC's são compatíveis com o game. Eu tentei saber com a galera tanto do site oficial quanto do facebook, mas só um fã disse que não, mas ele não disse em momento algum se testou. Tanto que vi mais gente com a mesma dúvida que eu.

Enfim, Rocksmith é uma experiência única, para quem ama Rock, games e guitarra. A possibilidade de poder tocar canções queridas com bastante liberdade e tocá-las tal como na canção original é realmente algo incrível (pra não usar palavras feias como "Foda" ou "do caralho").


See ya


NOTA: 9

4 comentários:

Anônimo disse...

Olá, tudo bem?

Adorei a sua descrição do jogo! Me fez ficar ainda com mais vontade de jogar!! :)

Queria só tirar uma dúvida.. eu não entendo bulhufas de guitarra, não tenho nenhuma, mas compraria e comprarei por causa do jogo. A questão é se serve qquer uma ou se tem que ser de um modelo específico... eu fiquei com essa dúvida, pq achei guitarras a partir de R$ 250,00 e outras que são carézimas!

Obrigada,

Jéssica.

Blimbou disse...

Olá Jéssica,

td bem comigo!
Qualquer guitarra elétrica serve para o jogo, lógico que existem modelos mais em conta e outros top de linha, o que muda é qualidade do som, a madeira, a captação e a pegada.
Como você é Iniciante, eu recomendaria você a comprar a mais em conta. Marcas como Gianini e Tagima são uma boa pedida!
Você também pode conectar violão, mas este tem que ser elétrico.
O bom de se ter um violão, é que você pode tocar a hora que quiser, com ou sem caixa de som, com a guitarra não. Mas tem coisas que só a guitarra proporciona... eu ainda prefiro a guitarra rsrsrs

obrigado pela visita!

Anônimo disse...

Legal!!

Muito obrigada pelas dicas! E parabéns pelo Blog!

warmouk disse...

Comprei esse jogo vai fazer um mês.
Ele é muito bom, porem para explorar tudo que ele tenha a oferecer seria legal jogar com outra pessoa...uma fazendo solos e a outra fazendo a base...ou usando o microfone(coisa ainda que não sei como fazer).

Se tiver alguem do RJ com esse game me de um toque para jogarmos um multiplayer!!!!

Related Posts with Thumbnails